sexta-feira, 9 de julho de 2010

AS QUATRO DIMENSÕES DA VIDA CRISTÃ

AS QUATRO DIMENSÕES DA VIDA CRISTÃ

“Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de que, estando arraigados e fundados em amor, possais perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo o entendimento, para que sejais cheios da plenitude de Deus.” Efe 3:17 a 19

O Apóstolo Paulo estava prisioneiro em Roma quando escreveu estas lindas palavras de ânimo e coragem para os cristãos de Éfeso.

Outro prisioneiro era João, na ilha de Patmos, quando escreveu algo semelhante. “E a cidade estava situada em quadrado, e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com cana, até doze mil estádios. E o seu comprimento, largura e altura eram iguais.” Apo. 21:16

Tanto Paulo como João, estavam a dizer que as coisas que Deus faz são perfeitas.
Contrário da vida e coisas que o ser humano fabrica, as coisas de Deus são perfeitas.

A nossa vida para ser completa e perfeita; deve passar pelas quatro dimensões, citadas em Efésios: 3:18


1)O Comprimento da Vida

O comprimento da vida, num certo sentido, é o sentido egoísta da vida. Dimensão egoísta, mas necessária.

Nesta dimensão estão envolvidas as nossas ambições pessoais, os nossos objectivos, as nossas preocupações íntimas e as nossas responsabilidades.

Houve um rabi muito famoso, Joshua Liebman, que certa vez disse: “ Devemos todos amarmo-nos convenientemente a nós próprios, antes de, abnegadamente, podermos amar os outros”

Jesus também deixou-nos bem claro este conceito quando disse: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” Mat 22:39

Fomos criados por Deus com a capacidade de desenvolvermos os talentos que nos foram outorgados por Deus.

O comprimento da vida é a busca de ideais e, consequente conforto pessoal e familiar.

Todos necessitam sair de casa pela manhã em busca dos objectivos de vida, como: estudar, trabalhar, cuidar do físico, formar-se. Etc... para ter uma vida melhor.

Está é a dimensão do comprimento. Egoísta, mas necessária.

Longfolow, certa vez disse: “As alturas a que chegaram, e onde estão os grandes homens, não foram alcançadas num voo repentino. Enquanto, durante a noite, os companheiros estavam dormindo, eles subiam.”

Douglas Molooc escreveu algo interessante: “ Se não puderes ser um pinheiro no alto da colina, sê no vale algo de pequeno, mas sê a melhor coisa pequena na margem do regato. Sê um arbusto, se não puderes ser árvore. Se não puderes ser uma estrada, sê um atalho. Se não puderes ser o sol, sê a lua a reflectir a sua claridade. Sê o melhor do que quer que tu sejas.”


2)A Largura da Vida

Há pessoas que não passam da primeira dimensão. Podem ser pessoas respeitadas em sua profissão, mas por viverem apenas para o sentido material, ficam presas pelas cadeias paralisantes do seu egocentrismo.

Não pode haver algo mais trágico, do que ver alguém imerso apenas no comprimento da vida.Se a vida deve ser completa, deve existir também a largura. O “eu” nunca pode realizar-se completamente sem o “tu”.

Os psicólogos sociais dizem algo interessante: “Nunca podemos, de facto , ser alguém sem estarmos relacionados com os outros.

Os mais sábios, inteligentes, capacitados e ricos; devem ajudar os menos sábios, menos inteligentes, menos capacitados e pobres.

Nenhuma nação ou indivíduo pode viver isolado. Somos, inevitavelmente, o protector do nosso irmão.

Em última análise, os homens dependem todos uns dos outros, e estão envolvidos no mesmo processo.

No dia do juízo haverá duas classes de pessoas: De um lado estarão os perdidos, e do outro lado, os salvos. Jesus dirá para os salvos as seguintes palavras:

“Então dirá o Rei aos que estiverem à Sua direita: Vinde benditos de meu pai, possui por herança o reino que vos está preparado, desde a fundação do mundo. Porque tive fome, e destes-me de comer, tive sede, e destes-me de beber, era estrangeiro, e hospedastes-me. Estava nu, e vestistes-me, adoeci, e visitastes-me, estive na prisão , e fostes ver-me... Em verdade vos digo que, quando fizestes a um destes meus pequeninos irmãos a Mim o fizestes.” Mat. 25.34-40

A largura da vida compreende muitas coisas relacionadas com o nível horizontal:

a)O cuidado das pessoas que precisam de nós
b)Ajudar com alimentos e roupas o dpto da Adra
c)Auxiliar com dinheiro o dpto da Adra
d)Realizar a campanha da Adra
e)Dar dinheiro para peditórios direccionados
f)Ajudar pessoas em mudanças e pintura de sua casas
g)Visitar pessoas doentes em hospitais e casas
h)Visitar pessoas presas
i)Dar esmolas para pessoas que precisam
j)Fazer nossa parte, sem nos escondermos nas instituições já estabelecidas.
l) Ser fiéis nos dízimos e ofertas

Quando foi a última vez que você visitou alguém na cadeia?

John Done escreveu: “Nenhum homem é uma ilha, encerrada em si mesma; cada um é uma peça do continente, uma parte do todo. A morte de qualquer pessoa enfraquece-me. Porque estou inserido na humanidade. Não mande nunca perguntar por quem os sinos dobram; eles tocam por ti.”

Olhemos pelo próximo. Esta é a largura da vida.


3)A Altura da Vida

Esta é a 3º dimensão da vida. A altura.

Assim como há quem não passe do comprimento, também há aqueles que não vão além da largura da vida. Há pessoas e religiões que fazem um lindo trabalho no âmbito social, mas não passam dai. Não assumem nenhum compromisso com Deus.

Há pessoas que questionam se Deus existe. Quando vêem catástrofes e tragédias, perguntam.: “Onde está Deus?”. Não conseguem atingir a altura da vida.

Há outras pessoas que ficam apenas no nível da ciência. Se podem ver e experimentar, então acreditam. Mas como Deus não se vê num tubo de ensaio, não O aceitam.

Há crentes que aceitam Deus, mas não conseguem harmonizar a fé com a prática. Nunca dizem abertamente. “Senhor! Vou abandonar-te”, mas ficam tão preocupados com as coisas deste mundo; comprimento e largura, e rejeitam a altura.

As pessoas vivem tão envolvidas com aquilo que tem que “fazer”, que se esquecem daquilo que tem que “ser”. Primeiro deve vir o “ser”, para depois o “fazer”

“Sede santos, porque Eu sou santo” I Pedro 1:16

Certo pregador foi à uma universidade fazer um sermão de formatura. Após o discurso, o pastor falou com alguns formandos em Direito. O Pastor perguntou para um deles o que realmente desejava ser:

-Pretendo ser um bom advogado. Respondeu

-E depois perguntou o pregador: - Depois pretendo me casar e ter 2 filhos
-E depois? insistiu o pregador: - Depois vou trabalhar bastante, ganhar muito dinheiro, tornar-me famoso, aposentar-me cedo e viajar pelo mundo.

O pregador respondeu. Meu rapaz, os teus planos são bem modestos. Só podem durar uns 75 ou 80 anos. Tens de alargar mais teus planos, para Deus caber dentro deles, de forma a caber dentro dos teus planos a eternidade.

Há pessoas que vivem pensando só nesta vida. De acordo com salmo 90:10, será de apenas 70 ou 80 anos, o que disso passar é canseira e enfado.

A altura da vida consiste em olharmos para cima e enxergarmos a eternidade para além do horizonte. “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o Seu eficaz poder de sujeitar, também, a si todas as coisas.” Fil. 3. 20 e 21

Muitas pessoas vivem apensas no nível horizontal: Comprimento e no máximo largura. Mas, é necessário vivermos no nível vertical, convidar Deus para fazer parte da nossa vida.

Como Deus pode fazer parte da nossa vida?

a)Através da bíblia. Estudando-a diariamente
b)Por meio da oração. Fazendo orações particulares e em família
c)Através da celebração da fé na igreja, que é a congregação dos santos. Cantando, orando, pregando, participando da Santa Ceia e sempre feliz.
d)Por meio do testemunho. Cada crente é convidado a dar testemunho de sua fé.


4)A Profundidade da Vida

Nas outras três dimensões da vida, é necessário nossa participação directa para que as acções sejam eficazes. Nesta dimensão basta uma coisa: Aceitar.

Aceitar os presentes de Deus.

Quais são os presentes de Deus?

a)A natureza.

“Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das Suas mãos.” Sal. 19:1

b)Profetas ; a Bíblia

“E havendo Deus antigamente falado muitas vezes e de muitas maneiras aos pais, pelos profetas...” Heb. 1:1

c)Jesus Cristo. Sua incarnação

“Porque Deus amou o mundo, de tal maneira, que deu o Seu filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Para uma pessoa ser completamente feliz, deve atingir as 4 dimensões da vida:

a)Comprimento b)Largura c)Altura d) Profundidade.

“E o testemunho é este. Que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no Seu filho. Quem tem o filho tem a vida, quem não tem o filho de Deus não tem a vida.” I João 5:11 e 12

Que você e eu consigamos atingir, com a graça de Deus, as 4 dimensões a vida.

Um abraço,

Luís Carlos Fonseca


2 comentários:

  1. Fico feliz Enéias. É simples, mas procuro contribuir um pouco. Fiquem sempre bem

    ResponderEliminar