terça-feira, 16 de janeiro de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 5 (1º trimestre 2018) MORDOMOS APÓS O ÉDEN

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 5 (1º trimestre 2018) MORDOMOS APÓS O ÉDEN

VERSO ÁUREO: "Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações."  I Tessal. 2:4

INTRODUÇÃO (sábado 27 de janeiro) - O primeiro trabalho de Adão e Eva envolvia mordomia. Mordomia é um tema que se encontra com ampla estrutura tanto no Antigo como no Novo Testamentos. A palavra “mordomia” vem do latim que significa “Administrar uma casa que não é sua”. Pertencemos duas vezes ao Senhor, pela criação e pela redenção. O que é redenção?  Libertação e livramento,  é apresentada no Novo Testamento como libertação da pena do pecado mediante o pagamento de um resgate. Jesus, por Sua morte na cruz, pagou o resgate a nosso favor e nos libertou. Ver Rom. 3:24. A redenção também coloca seus termos, pois se foi pago o preço da escravidão do pecado, agora temos outro Senhor e somos seus servos, e O servimos por amor-

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (1º trimestre 2018) ESCAPAR DO MODO DE SER DO MUNDO (mundanismo)

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (1º trimestre 2018) ESCAPAR DO MODO DE SER DO MUNDO (mundanismo)

VERSO ÁUREO: De nada aproveitam as riquezas no dia da ira, mas a justiça livra da morte...Aquele que confia nas suas riquezas cairá, mas os justos reverdecerão como a folhagem.” Prov. 11:4, 28.

INTRODUÇÃO (sábado 20 de janeiro) O crente é convidado a fugir das coisas do mundo que trazem prejuízos para a sua vida espiritual. O mundo oferece muitas coisas boas que devemos aproveitar, mas quando as coisas más do mundo tomam conta de nós, aí então estamos em perigo de perder a salvação. Enoque fugiu do mundanismo quando manteve os pensamentos centralizados nos valores eternos. A blia menciona que ele andava com Deus. 

Mesmo vivendo no meio de uma geração depravada e condenada a perecer sob o dilúvio, a vivência espiritual de Enoque tornou-se de tal intimidade com Deus que um dia foi Deus o levou para viver no céu. Ele já está no céu. Esse patriarca desenvolveu a visão espiritual que Moisés viveu séculos mais tarde: “Porquanto considerou o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito, porquanto contemplava o galardão...e Pela fé... permaneceu firme como quem vê Aquele que é Invisível.” Heb 11:26, 27. E Moisés também já vive no céu.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (1º trimestre 2018) DEUS OU MAMON?

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (1º trimestre 2018) DEUS OU MAMON?

VERSO ÁUREO: "Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai." Filip 2:9-11.

INTRODUÇÃO (sábado 13 de janeiro) – A lição desta semana vai dar ênfase à divindade de Cristo como forma de mostrar que Deus, embora sendo muito rico, pede fidelidade de Seus filhos também no aspecto financeiro. Servir Deus e servir os bens materiais são coisas antagônicas entre si, e os crentes fiéis servem Deus apenas, e utilizam parte dos recursos materiais para promover a causa de Deus na terra. Veja este texto esclarecedor:Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.” Lucas 12:20,21

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (1º TRIMESTRE 2018) EU VEJO, EU QUERO, EU PEGO

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (1º TRIMESTRE 2018) EU VEJO, EU QUERO, EU PEGO 
 
VERSO ÁUREO: “E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.” Mateus 13:22

INTRODUÇÃO (sábado 6 de janeiro) – O ser humano é egoísta por natureza, e isso tem levado muitos filhos de Deus a se envolverem com os assuntos materiais e a desprezar as coisas de Deus. A avareza é filha do egoísmo e se constitui em idolatria. Ver Col 3:5; Ef 5:5 e Mat 6:24. O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; mentiras, enganos, subornos, injustiças, roubos, rixas, inimizades. Ver I Tim. 6:6-10. A cobiça é o desejo desordenado de possuir coisas e riquezas com o fim de satisfazer as exigências da vida. Ver Mat 13:22. Os avarentos não podem herdar o reino de Deus. Ver I Co 6:10. A publicidade comercial apela constantemente e explora à cobiça do coração do homem. Ver I João 2:16-17. Precisamos vigiar sempre.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (1º trimestre de 2018) A INFLUÊNCIA DO MATERIALISMO

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (1º trimestre de 2018) A INFLUÊNCIA DO MATERIALISMO

VERSO ÁUREO: "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:2

INTRODUÇÃO GERAL AO TRIMESTRE – Durante todo este trimestre vamos estudar sobre Mordomia Cristã. O autor das lições é o Pr.John H.H. Mateus, e é doutor em Ministério pela Universidade Adventista da Andrews. É, dentro da Mordomia Cristã, o primeiro princípio a ser analisado é que Deus é o originador da vida e que dependemos dele até para recebermos o ar que respiramos.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (4º trimestre de 2017) VIDA CRISTÃ

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (4º trimestre de 2017) VIDA CRISTÃ

VERSO ÁUREO: “Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.” Romanos 14:10

INTRODUÇÃO (sábado 24 de dezembro) – A lição desta semana vai estudar Romanos capítulos 14-16 e mostra-nos sobre alguns pontos da vida cotidiana e outros, muito importantes para o nosso crescimento espiritual. Estudamos até aqui, na Epístola aos Romanos, a teologia paulina da justificação pela fé sem as obras da lei, centrada em Romanos 1:17 e 3:28. No estudo desta semana estudaremos a parte prática, começando com a consagração a Deus e depois com o nosso compromisso com as pessoas. De romanos 14:1 a 15:6 o apóstolo discorre sobre a tolerância. O cristão não deve julgar e nem criticar o outro, este é um dos temas da lição.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 12 (4º trimestre de 2017) VENCER O MAL COM O BEM

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 12 (4º trimestre de 2017) VENCER O MAL COM O BEM
VERSO ÁUREO: “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rom. 12:2
INTRODUÇÃO (sábado 16 de dezembro)  O estudo deste semana está em Romanos 12 e 13. Paulo procura mostrar para os membros da igreja de Roma que acima da necessidade de obedecer a lei, está o dever do amor à Deus e às pessoas. Ele mostra, de forma clara; que, para se poder guardar a lei, primeiro é necessário manter uma viva ligação de amor e obediência a Deus e à Sua palavra. Só então é que podemos guardar a lei. Tentar guardar a lei por nossas próprias forças é tentar o impossível. Paulo menciona também, nos textos desta semana, o bom relacionamento que deve haver com todas as pessoas.