terça-feira, 4 de agosto de 2015

ESBOÇO DE SERMÃO: A Maior Prioridade

A Maior Prioridade

Introdução
1. O texto contém a receita de Deus para livrar a humanidade da ansiedade doentia que gera conflito, angústia e desespero.

A mensagem explica que, apesar de necessitarmos de coisas materiais, Deus deve estar em primeiro lugar.

I. Deus provê o necessário para o sustento
Essa verdade é ilustrada por Cristo com três figuras da natureza:

1. As aves do céu – v. 26.
a) As aves dormem e acordam cantando. Não vivem preocupadas.

b) Deus providenciou leis naturais para elas – Jó 38:41.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

ESBOÇO DE SERMÃO: Pela Porta da Fé


 Pela porta da fé

Introdução
A experiência de ser salvo, justificado ou considerado justo, é uma questão individual entre o pecador e Deus. Não pode ser alcançada nem recebida por procuração. Há somente uma porta de entrada para essa experiência: “a porta da fé”.

“Fé é a condição pela qual Deus considerou justo oferecer perdão aos pecadores; não que haja qualquer virtude na fé, pela qual a salvação se torna merecida, mas porque a fé pode se apegar aos méritos de Cristo, o remédio provido para o pecado” (Ellen G. White, Review and Herald, 4 de novembro de 1890).

3. A fim de confundir o pecador, bem junto a essa porta, a da fé, o inimigo de toda a justiça colocou outra porta, mais ampla e visível: a porta das obras.

domingo, 26 de julho de 2015

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 9 (3º trimestre 2015) PEDRO E OS GENTIOS

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 9 (3º trimestre 2015) PEDRO E OS GENTIOS

VERSO ÁUREO: “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.” Atos 2:38,39

INTRODUÇÃO (sábado 22 de agosto) – A lição desta semana vai abordar a relação do apóstolo Pedro com os gentios. Jesus deu início à queda do muro que causava a separação entre judeus e gentios, mas foi com Pedro que os preconceitos começaram a ruir, especialmente com a visão clara e inconfundível que Pedro teve daquele grande lençol com animais, relatada em Atos 10. 

“Durante Seu ministério terrestre Cristo deu início à obra de derribar o muro de separação entre judeus e gentios e apregoou a salvação a toda a humanidade.” Atos dos Apóstolos, 19.

domingo, 19 de julho de 2015

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 8 (3º trimestre 2015) MISSÕES INTERCULTURAIS

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 8 (3º trimestre 2015) MISSÕES INTERCULTURAIS

VERSO ÁUREO: "Eis aqui o meu servo, que escolhi, o meu amado, em quem a minha alma se compraz; porei sobre ele o meu espírito, e anunciará aos gentios o juízo.” Mateus 12:18

INTRODUÇÃO (sábado 15 de agosto) – A lição desta semana vai falar sobre a pregação do evangelho de Cristo para todas as nações do mundo. O termo gentio significa aqueles povos que não eram da família hebraica. Ver Lev. 25:44 e I Crôn. 16:24. E se usa o mesmo termo para descrever os incrédulos, como em Jeremias 10:25. De um modo geral os gentios eram todos aqueles que não aceitavam que Deus tivesse Se revelado aos judeus, permanecendo eles então na idolatria e excluídos do contexto da salvação oferecida por Jeová, o Criador de todas as coisas.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Quando os Avós São Feitos Reféns dos Netos

Os Avós Feitos Reféns dos Netos

Alguém disse que “os netos são os filhos adocicados”. Esta expressão reflete bem a relação entre os avós e netos! Geralmente os avós não disciplinam os netos, e ainda os enchem de mimos e presentes.

O colo da avó é o lugar mais especial para os netinhos, a comida da avó é a mais gostosa e os passeios e brincadeiras do avô são as melhores.

domingo, 12 de julho de 2015

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 7 (3º trimestre 2015) JESUS: O MESTRE DAS MISSÕES

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 7 (3º trimestre 2015) JESUS: O MESTRE DAS MISSÕES

VERSO ÁUREO: “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.” João 20:21

INTRODUÇÃO (sábado 8 de agosto) – Davi Livingstone empreendeu diversas expedições missionárias pelo interior do continente africano, Hudson Taylor viveu na China por 51 anos, Willian Carey, James Hennington, Ellen White, John Andrews e tantos outros foram grandes missionários, mas todos estes receberam motivação de Cristo e não podem ser comparados a Jesus!

A expressão missionário não aparece no texto principal da Bíblia, mas, em Efésios 4:11, a Palavra sugere que o termo grego traduzido por evangelizadores também pode ser traduzido como missionários. Deus, o Pai é o maior Evangelizador, mas não pode ser chamado de o maior Missionário, pois nunca foi enviado por ninguém, Ele é o Criador. No entanto, Jesus disse a respeito do Pai: “Sou representante dele, e Ele me enviou.” João 7:29.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 6 (3º trimestre 2015) ESTER E MARDOQUEU

                                                                                                                                                          



COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 6 (3º trimestre 2015) ESTER E MARDOQUEU

VERSO ÁUREO: “Porque, se de todo te calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?” Ester 4:14

INTRODUÇÃO (sábado 1º de agosto) - Os acontecimentos mencionados no livro de Ester aconteceram quando a maior parte do povo de Israel ainda estava cativo na Pérsia. Apenas 50 mil dos judeus tinham voltado no fim dos 70 anos da profecia, com o decreto de Ciro; mas, a grande maioria, talvez 1 milhão espalhados por todo o império Persa tinha escolhido permanecer na Pérsia. Dario já tinha deixado o reinado e o rei Xerxes I ou Artaxerxes, que era conhecido como Assuero, estava no trono. Susã era a cidade onde o rei da Pérsia, Assuero, vivia. Depois que Assuero mandou sua esposa embora, a rainha Vasti; ele procurou uma nova esposa para se tornar rainha. O palácio organizou um concurso onde as mulheres do reino foram convidadas à irem até Susã com o propósito de que uma delas preenchesse o lugar de Vasti. Ver Ester 2:1-4. Ester, que foi criada por Mardoqueu seu primo, um dos cativos que também foi levado de Jerusalém por Nabucodonosor, ganhou o concurso. Ester 2:5-7. Ester, após obter a graça primeiro; de “Hegai, guarda das mulheres", Ester 2:9, depois a graça "de todos que a viram", Ester 2:15 e por fim, e mais importante, a graça do próprio rei, Ester 2:17, ganhou a competição e tornou-se rainha. Um fato curioso é que Ester não revelou a ninguém que era judia, conforme a ordem dada por Mardoqueu. Então ninguém, nem mesmo o rei sabia qual era a nacionalidade e religião de Ester.