quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

O Cristão no Mundo - O Sal da Terra

O Cristão no Mundo

Texto - “Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens”. Mateus 5:13

Introdução - De acordo com as palavras de Jesus em S. Mateus capítulo 5:13, encontramos dois elementos bem destacados que merecem a nossa consideração: o sal e a terra.

Ainda no mesmo capítulo, considerando os versos 3 ao 12, há uma descrição das qualidades de caráter que os fiéis seguidores de Jesus Cristo devem possuir neste mundo: “Mansidão, sede de justiça, misericórdia, pureza de coração, pacificação, etc...” Somente aqueles que têm estas qualidades de caráter, estão habilitados a ser o sal da terra.

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

O Perigo do Cristão Desatento e Frouxo

O Perigo do Cristão Desatento e Frouxo

INTRODUÇÃO - Deus pede grande vigilância espiritual por parte daqueles que pretendem morar com Jesus. São várias as advertências que vêm de Deus sobre a manutenção da nossa fé. Acompanhe estes quatro textos inspirados: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. Mateus 26:41.

“Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em redor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.” I Pedro 5:8-9.

“Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.” Apocalipse 12:12

“Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia. Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” I Coríntios 10:12-13

segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 9 (4º trimestre de 2014) UM SÓ LEGISLADOR E JUIZ

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 9 (4º trimestre de 2014) UM SÓ LEGISLADOR E JUIZ

VERSO ÁUREO: “Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?” Tiago 4:12

INTRODUÇÃO (sábado 22 de novembro) – O legislador ou legisladores são as pessoas que criam as leis. Na ciência da política, a função principal do poder legislativo é fazer as leis, desde a constituição até as leis que regulamentam as questões de cada comunidade e município. 

Dentro do estudo da lição desta semana vamos estudar que Deus é o Legislador. Ele criou leis que servem de proteção e conservação do universo e dos homens. E, entre as leis que Deus criou está a lei dos 10 mandamentos.

Alguns ricos e famosos agem como se estivessem acima da lei. Em alguns países, o poder legislativo elabora leis para favorecer aqueles que governam, para tirarem proveito pessoal. Hoje, no meio cristão, tem gente que está colocando-se acima da lei de Deus quando escolhem desrespeitar a Sua lei.

As Agulhas do Fanatismo!

As Agulhas do Fanatismo!

Entre as notícias mais chocantes de 2009, uma esteve relacionada a um garoto vítima de um crime raro. Seu padrasto confessou ter inserido várias agulhas em seu corpo. O mais impressionante é que tudo aconteceu num “ritual de magia negra”. Como algumas agulhas estavam localizadas próximas a órgãos vitais, o garoto precisou fazer cirurgias para retirá-las. As agulhas podem ser um recurso para os cirurgiões curar, mas também podem ser instrumentos nas mãos de fanáticos para ferir crianças inocentes. As agulhas do fanatismo causaram muita dor no menino.

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Comprometimento (Sermão sobre os dons espirituais)

Comprometimento (Sermão sobre os dons espirituais)

“Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados, com toda humildade e; mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz”. Efésios 4:1-3.

Introdução - Paulo começa este verso com um apelo para que nós passemos da vida teórica para a vida prática.

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

A Decepção de 1844 e a Volta de Cristo

Hoje completa 170 anos que houve o grande desapontamento, lá nos EUA. Foi no dia 22 de outubro de 1844, quando os ponteiros do relógio se aproximaram das 24 horas, corações ansiosos aceleraram. - “Deve ser à meia-noite, só pode ser!”. Durante 14 anos Guilherme Miller pregou, ardorosamente, a mensagem da 2º volta de Jesus.
Aproximadamente 50 mil pessoas, em todos os Estados Unidos, que na época tinha uma população de 17 milhões de habitantes achavam que a volta de Jesus seria em 22 de outubro daquele ano. O dia tão esperado havia chegado. Não havia dúvidas. As últimas horas haviam sido gastas em fervorosa oração e reestudo da Bíblia, para confirmação das datas anunciadas na profecia de Daniel 8:14. O dia era este, sem dúvida. O dia tão esperado; o dia da segunda vinda de Jesus Cristo. Entre as pessoas que se uniram ao movimento Milerita, estava o pastor congregacionalista Carlos Fitch. Fitch, de trinta anos, também concordava com a mensagem de que Jesus voltaria no dia 22 de outubro, depois de ter estudado minuciosamente as profecias de Daniel e Apocalipse. Tornou-se, então um importante anunciador do advento e o primeiro pastor do movimento milerita.

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 8 (4º trimestre de 2014) A HUMILDADE DA SABEDORIA CELESTIAL

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 8 (4º trimestre de 2014) A HUMILDADE DA SABEDORIA CELESTIAL

VERSO ÁUREO: “Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.” Tiago 4:10

INTRODUÇÃO (sábado 15 de novembro) – A humildade é uma qualidade espiritual de pessoas nobres. Nem todas as pessoas conseguem ser humildes, e poucas pessoas conseguem mostrar humildade nas atitudes quotidianas. A competição por posições e a rivalidade entre as pessoas levam a desenvolver, as vezes até de forma inconsciente, o orgulho. Há uma diferença entre o tipo de orgulho que Deus odeia, ver Provérbios 8:13, e o tipo de orgulho que sentimos por fazer algo bem feito. O tipo de orgulho que surge de sermos justos aos nossos próprios olhos é pecado e Deus odeia isso porque atrapalha a nossa aproximação dele. O Salmo 10:4 explica que os orgulhosos estão tão cheios de si que seus pensamentos estão longe de Deus: “Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus”.