quarta-feira, 18 de julho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 6 (3º trimestre de 2018) O MINISTÉRIO DE PEDRO


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 6 (3º trimestre de 2018) O MINISTÉRIO DE PEDRO

VERSO ÁUREO: “E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de pessoas; Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo.” Atos 10:34,35.

INTRODUÇÃO (sábado 4 de agosto) – Pedro, depois que se converteu foi usado por Deus. A experiência de Pedro, antes e depois de sua verdadeira conversão, traz lições significativas para nós de como também podemos ser usados por Deus. Depois de inúmeros altos e baixos Pedro conseguiu centralizar seu amor de todo o entendimento, de toda a força, de todo o ser e de todo o coração, na Pessoa de Jesus e na Palavra. A resposta de amor ao amor de Deus é pessoal. Benditos para sempre os que desenvolvem seu amor em direção a Deus e às coisas eternas. Amém?

segunda-feira, 9 de julho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 5 (3º trimestre 2018) A CONVERSÃO DE SAULO


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 5 (3º trimestre 2018) A CONVERSÃO DE SAULO

VERSO ÁUREO: “Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel.” Atos 9:15

INTRODUÇÃO (sábado 28 de julho) – A conversão de Saulo, assunto da lição desta semana, é uma história incrível relatada no início da Igreja Cristã. Saulo era um judeu de Tarso, cidade de grande cultura. Dificilmente teria escapado à influência da cultura grega, embora sendo fariseu. É provável que não tenha estudado em escolas gregas. Como judeu helenista, por virtude da cultura grega, a que não pôde escapar, por escolha e por tradição familiar, era “hebreu nascido de hebreus.” Filp 3:5. Falava o hebraico, o aramaico e o grego. Era filho de uma família rica, preeminente ao ponto de estudar aos pés de Gamaliel, o grande mestre fariseu de Jerusalém. Por nascimento era cidadão romano. Grande era a importância da sua família, que a sua irmã, que residia em Jerusalém, parece ter tido acesso às famílias dos sumos sacerdotes. Ver Atos 23:16.

quinta-feira, 5 de julho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (3º trimestre 2018) OS PRIMEIROS LÍDERES DA IGREJA


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (3º trimestre 2018) OS PRIMEIROS LÍDERES DA IGREJA

VERSO ÁUREO: “E crescia a palavra de Deus, e em Jerusalém se multiplicava muito o número dos discípulos, e grande parte dos sacerdotes obedecia à fé.” Atos 6:7

INTRODUÇÃO (sábado 21 de julho) - A igreja primitiva foi formada por cristãos que se reuniam para ter comunhão e proclamar o evangelho, liderados pelos apóstolos, que transmitiam os ensinamentos de Jesus. Começando em Jerusalém, a igreja primitiva rapidamente se espalhou para vários outros lugares. A igreja Cristã começou no dia de Pentecoste, quando os discípulos receberam o Espírito Santo. A palavra igreja significa “assembleia” e era assim que viam a igreja; como o conjunto das pessoas crentes em Jesus. A igreja não estava associada a nenhum edifício, embora os crentes se reuniam nas casas, no inicio de depois em templos.

terça-feira, 26 de junho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (3º trimestre de 2018) A VIDA NA IGREJA PRIMITIVA


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (3º trimestre de 2018) A VIDA NA IGREJA PRIMITIVA

VERSO ÁUREO: “E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” Atos 2:46,47

INTRODUÇÃO (sábado 14 de julho) - Quando estudamos sobre a igreja primitiva, em Atos dos Apóstolos, ficamos impressionados com o quanto nos distanciamos das nossas origens. A igreja primitiva, com todas as lutas e perseguições que enfrentou podia sempre dizer que “tinha paz” e por isso “crescia em número”. 

Então precisamos a aprender a promover na igreja um ambiente de paz para que, como consequência ela cresça em número. Veja esta declaração: “Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galiléia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo.” Atos 9:31. Amém?

segunda-feira, 18 de junho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (3º trimestre 2018) PENTECOSTES


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (3º trimestre 2018) PENTECOSTES

VERSO ÁUREO: “Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas. De sorte que, exaltado pela destra de Deus, e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvis.” Atos 2:32 e 33

INTRODUÇÃO (sábado 7 de julho) – A lição desta semana aborda sobre o Pentecostes. O Pentecostes é muito importante tanto no Antigo quanto no Novo Testamentos. Pentecostes é o nome grego para uma festa judaica conhecido no Velho Testamento como a Festa das Semanas. Ver Levítico 23:15 e Deuteronômio 16: 9. 

sexta-feira, 8 de junho de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (III trimestre de 2018) SEREIS MINHAS TESTEMUNHAS


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (III trimestre de 2018) SEREIS MINHAS TESTEMUNHAS

VERSO ÁUREO: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.” Atos 1:8

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE – As lições deste trimestre foram escritas pelo Dr. Wilson Paroschi, que é professor de interpretação do Novo Testamento do UNASP Campus 2, Brasil.

O livro de Atos foi escrito pelo médico e evangelista Lucas no ano 63 d.C, como continuação do Evangelho de Lucas. Atos dos Apóstolos foi escrito para um homem chamado Teófilo, relatando o início da igreja e da expansão do evangelho. Lucas era um médico que acompanhou Paulo em algumas de suas viagens. Ele provavelmente era um gentio convertido, que não conheceu Jesus, mas que conheceu pessoas que tiveram contato direto com Cristo.Lucas escreveu o livro de Atos como continuação do seu evangelho, para que Teófilo tivesse a certeza das coisas que aprendeu sobre Jesus. Ver Lucas 1:3-4 e Atos 1:1-2.

quinta-feira, 31 de maio de 2018

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (II trimestre 2018) A VOLTA DE NOSSO SENHOR JESUS


COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (II trimestre 2018) A VOLTA DE NOSSO SENHOR JESUS

VERSO ÁUREO: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.” Mateus 24:27

INTRODUÇÃO (sábado 23 de junho) - Esta é a última lição deste trimestre e fala da volta de Cristo à terra para buscar o Seu povo. A segunda vinda de Jesus é a crença fundamental que dá sentido à todas as religiões cristãs. Esse acontecimento finalmente concretizará todos os sonhos e esperanças da humanidade. Durante o estudo desta semana, falaremos sobre o último de todos os eventos finais, pelo menos no que diz respeito ao nosso mundo atual: a segunda vinda do nosso Senhor Jesus.