sábado, 25 de junho de 2016

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (3º trimestre de 2016) JUSTIÇA E MISERICÓRDIA NO VELHO TESTAMENTO - PARTE II

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 4 (3º trimestre de 2016) JUSTIÇA E MISERICÓRDIA NO VELHO TESTAMENTO - PARTE II

VERSO ÁUREO: “E será que toda a criatura vivente que passar por onde quer que entrarem estes rios viverá; e haverá muitíssimo peixe, porque lá chegarão estas águas, e serão saudáveis, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio.” Ezequiel 47:9

INTRODUÇÃO (16 de julho) – A lição desta semana vai continuar a tratar sobre o papel da igreja na sociedade e toma como exemplo o povo de Israel no Velho Testamento.

domingo, 19 de junho de 2016

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (3º trimestre de 2016) JUSTIÇA E MISERICÓRDIA NO VELHO TESTAMENTO – PARTE I

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 3 (3º trimestre de 2016) JUSTIÇA E MISERICÓRDIA NO VELHO TESTAMENTO – PARTE I

VERSO ÁUREO: “O que faz justiça aos oprimidos, o que dá pão aos famintos. O Senhor solta os encarcerados. O Senhor abre os olhos aos cegos; o Senhor levanta os abatidos; o Senhor ama os justos; Senhor guarda os estrangeiros; sustém o órfão e a viúva, mas transtorna o caminho dos ímpios.” Salmo 146:7-9

INTRODUÇÃO (sábado 9 de julho) – As lições desta semana, e da outra semana, vão tratar do grande amor de Deus manifestado no Velho Testamento, mas vai mencionar também sobre a Sua justiça. Alguns são tentados a pensar que somente Jesus é cheio de amor e bondade, e que o Deus do V. T não revelou salvação, mas que foi tirano e mau, especialmente por permitir tantas guerras.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (3º trimestre 2016) RESTAURANDO O DOMÍNIO

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 2 (3º trimestre 2016) RESTAURANDO O DOMÍNIO

VERSO ÁUREO: “E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.” Gênesis 1:26

INTRODUÇÃO (sábado 2 de julho) – Durante esta semana vamos estudar o domínio que Adão e Eva tiveram e perderam no Éden, devido ao pecado, e a restauração que Cristo proporcionou para todos os que que nele confiam e entregam a vida à Ele.

domingo, 5 de junho de 2016

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (3º trimestre 2016) A RESTAURAÇÃO DE TODAS AS COISAS

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 1 (3º trimestre 2016) A RESTAURAÇÃO DE TODAS AS COISAS

VERSO ÁUREO: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 1:27

INTRODUÇÃO (sábado 25 de junho) – A lição deste trimestre tem como título geral: “O Papel da Igreja na Comunidade” e os autores são o pastor Gaspar Colón e May Ellen Colón, da Divisão Centro-Este Africana. Desejo que todos possamos aprender muito com os ensinamentos aqui administrados. Durante esta semana vamos estudar sobre a queda e a restauração de todas as coisas. 

A crença das pessoas sobre Satanás vai do ingênuo ao abstrato: Satanás é descrito como um pequeno ser vermelho com chifres e com garfos pontiagudos que tenta para você cometer pecados e também é descrito como uma simples expressão figurada para falar do mal. Mas, a Bíblia faz declarações contundentes e inequívocas de quem é Satanás, e como ele afeta as nossas vidas.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Como Tratar as Emoções

Gosto deste capítulo "Como Tratar as Emoções". Está em Mente Caráter e Personalidade volume 2. Capítulo 84
Não Podemos Ler os Motivos - Lembrai-vos de que não podeis ler o coração. Não conheceis os motivos que determinaram as ações que vos parecem errôneas. Há muitos que não receberam a devida educação; seu caráter está deturpado e são ásperos e nodosos, parecendo maus em todo sentido. Mas a graça de Cristo pode transformá-los. Nunca deveis pô-los de lado ou levá-los ao desânimo ou desespero, dizendo: "Você me decepcionou e não procurarei mais ajudá-lo." Umas poucas palavras ditas precipitadamente sob provocações, justamente aquilo que pensamos que eles merecem - pode romper os laços de influência que ligariam seu coração ao nosso.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Como a Bíblia Sagrada Chegou Até Nós?

Como a Bíblia Sagrada Chegou Até Nós?

A Revelação de Deus - Deus disse que não faria nada sem antes revelar a Sua vontade aos profetas: “Certamente o Senhor Deus não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.” Amós 3:7. Ver também Hebreus 1:1. A Bíblia menciona também as maneiras que Deus resolveu revelar-Se aos Seus servos: “E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.” Números 12:6

Revelação - Revelação é o processo de comunicação entre Deus e o profeta. Envolve a ação divina que comunica o conhecimento da parte de Deus. Revelação é o ato divino pelo qual Deus resolve, Se desvendar e Se comunicar com o profeta, dando-lhe o conhecimento da Sua vontade através de sonhos ou visões.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (2º trimestre 2016) CRUCIFICADO E RESSURETO

COMENTÁRIOS DA LIÇÃO 13 (2º trimestre 2016) CRUCIFICADO E RESSURETO

VERSO ÁUREO: “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.” Mateus 28:18

INTRODUÇÃO (sábado 18 de junho) – Durante esta última semana do trimestre vamos estudar sobre a morte, ressurreição e missão de Cristo, que foi a de salvar a humanidade dos seus pecados e delitos. A morte de Cristo, para nos salvar, foi um ato muitíssimo importante. Mas a Sua ressurreição veio coroar de êxito a Sua missão, pois: “E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.” I Coríntios 15:14

A ressurreição de Jesus é importante por vários motivos: É um testemunho do imenso poder de Deus. Acreditar na ressurreição é acreditar em Deus. Se Deus realmente existe, e se Ele criou o universo e tem poder sobre o mesmo, então Ele tem poder de ressuscitar os mortos. Se Ele não tem tal poder, Ele não é um Deus digno de nossa fé e louvor. Apenas Aquele que criou a vida pode ressuscitá-la depois da morte. Só Deus pode reverter o horror que é a morte, e só Ele pode remover o aguilhão que é a morte e conceder a vitória que, por enquanto, pertence ao túmulo.