segunda-feira, 4 de Julho de 2011

ESBOÇO DE SERMÃO: Palavras que Fazem a Diferença


Provérbios 25:11
  
Introdução
   1.   Há palavras que fizeram grande diferença ou mesmo mudaram a História ou seu rumo:
    a) “Independência ou Morte.”
    b)  “Diga ao povo que fico.”
    c)“O teu povo é o meu povo.”
    d)   “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor.”
    e)    “Está consumado!”
    f)     “Estarás comigo no paraíso.”
    g)    “Vá e não peques mais!”
2.       
De uma forma ou de outra, as palavras que dizemos exercem uma influência que pode gerar frutos para a eternidade.Algumas palavras podem mudar a vida das pessoas. Palavras podem destruir, matar, salvar, restaurar, erguer, recomeçar.
3.    Robert Woodruff:
a)       As quatro palavras mais importantes: Qual é sua opinião?
b)       As três palavras mais importantes: Tenha a bondade.
c)       As duas palavras mais importantes: Muito obrigado.
d)       A palavra menos importante: Eu.


I.          Palavras que fazem diferença
Gostaria de comentar algumas palavras que fazem diferença na vida em família e em sociedade: (Para isso, consideremos palavra como símbolo de atitude).

1.       Perdão, eu errei” (humildade)
a)       É necessária muita humildade, pois é difícil vencer o orgulho ao reconhecer que erramos.
b)       É necessária entre cônjuges, entre pais e filhos, no trabalho ou na escola.
c)       Ellen White, ao aconselhar um irmão, se expressou da seguinte maneira: “Esqueça definitivamente toda a sua dignidade e posição social e tome a iniciativa diante de seus filhos como aprendizes na escola de Cristo. Diga-lhes francamente que você cometeu um erro deixando de reconhecer que vocês são filhos de Deus. Diga-lhes que, como uma família, vocês desejam, agora, começar a viver para Deus, e então leiam e orem com seus filhos.” Este Dia com Deus, pág. 262.

2.       “Muito obrigado” (gratidão)
a)       Mostrar gratidão pelo trabalho da mãe, pela ajuda do filho (ainda que insuficiente); aos vizinhos por um favor prestado.
b)       “O lar deve ser um lugar em que o contentamento, a cortesia e o amor façam habitação. Onde moram essas graças, aí residem paz e felicidade. Podem invadi-lo as aflições, mas isso é a situação da humanidade. Que a paciência, a gratidão e o amor mantenham no coração a luz solar, seja embora o dia sempre nublado. Em tais lares os anjos de Deus habitam.” – A Ciência do Bom Viver, pág. 393.

3.       “Eu te amo” (Expressão do amor)
a)       O amor não pode existir nem perdurar, sem expressar-se.
b)       Normalmente, os maridos são fracos em expressar amor.
c)       As esposas também precisam dizer.
d)       Os filhos precisam ouvir essas palavras.
e)       “O amor não pode existir por muito tempo sem se exprimir. Não permita que o coração do que se acha ligado ao seu pereça à míngua de bondade e simpatia.” – A Ciência do Bom Viver, pág. 360.

4.       “Eu me orgulho de você” (Estímulo)
a)       Seja entre cônjuges, seja entre filhos e pais.
b)       Há um pensamento importante que diz: “Elogie bem alto e censure baixinho.”
c)       “Lembrem-se de que as crianças necessitam não somente de repreensão e correção, mas também de animação e elogio, e grata satisfação das boas palavras.” – Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, pág. 114.
d)       “Sempre que a mão possa dizer uma palavra de elogio aos filhos por motivo de sua boa conduta, deve ela dizê-la. Deve encorajá-los por palavras de aprovação e olhares expressivos de amor. Essas serão ao coração de uma criança como a luz do Sol, e levarão ao cultivo do respeito próprio e ao brio do caráter.” – Testemunhos Para a Igreja, vol. 3, pág. 532.

5.       “Vamos orar” (Culto familiar e vida religiosa)
a)       Essas palavras, seguidas da devida atitude, farão grande diferença em nosso lar.
b)       “Antes de sair de casa para o trabalho, toda a família deve ser reunida, e o pai ou a mãe na ausência dele, deve rogar fervorosamente a Deus que os guarde durante o dia. ...Anjos ministradores hão de guardar as crianças assim consagradas a Deus. – Testemunhos Seletos, vol. 1, págs 147 e 148.

II.        Banco de palavras para uso constante

1.       Use e abuse de palavras como estas (e outras semelhantes):
Eu me orgulho de você!
Incrível
Sabia que você ia conseguir!
Você é muito especial para mim!
Confio em você!
Você é um tesouro!
Viva você!
Ótimo trabalho!
Muito bem!
Você faz tanto por mim. Obrigado!
Você é um amor!
Você é muito compreensivo!
Você é um ótimo exemplo do amor de Deus!
Obrigado por ser tão amoroso!
Você se lembrou!
Eu o perdoo!
Você é o melhor!
Tiro o chapéu pra você!
Admiro você muitíssimo!
Você ilumina a minha vida!
Estou orando por você!
Você é maravilhoso!
Você é uma resposta à oração!
Não sei onde eu estaria sem você!
Dou-lhe a maior força!
Gosto de notar sua fé em Deus!
Obrigado por confiar em mim!
Seu amor é maravilhoso!
Estou super feliz em sua companhia!
De você não abro mão!
Você é demais!

Conclusão

1.       Como andam nossas palavras?
2.       Temos feito uso sábio e correto das palavras?
3.       Se fizermos o uso correto das palavras, isso certamente tornará mais suave e feliz a nossa jornada e a de nossos companheiros. E certamente em breve ouviremos de Jesus as mais doces palavras que alguém jamais poderia ouvir: “Bem está, servo bom e fiel; entra no gozo do teu Senhor.”

José Newton Revista do Ancião Abr – Jun 2007- Depto de Comunicações da UCB

Luís Carlos Fonseca

Sem comentários:

Enviar um comentário