quarta-feira, 9 de junho de 2010

É a Igreja Adventista Legalista? Por que Alguns Cristãos Discriminam os Adventistas? Pertencem os Adventistas a uma Seita?

É a Igreja Adventista Legalista?
Por que Alguns Cristãos Discriminam os Adventistas?
Pertencem os Adventistas a uma Seita?
Como entender o termo inferno na Bíblia?

Toda vez que alguém cita a Igreja Adventista do 7º Dia, as pessoas relacionam rapidamente com a guarda do sábado, e o argumento usado neste contexto é que as obras não salvam . As pessoas se esquecem que as principais doutrinas da Igreja Adventista são: a Justificação pela fé (0 amor de Deus em salvar-nos) e a breve volta de Jesus.

Você sabia que a igreja Adventista ensina que a salvação é pela fé e pela graça; e não pelas obras?

Nenhum Adventista prega que será salvo por guardar o sábado ou por guardar os mandamentos, como as pessoas de outras denominações religiosas erroneamente argumentam. Tal argumento é usado para atacar os Adventistas, mas não é verdadeiro.
Acredito que praticamente todo Adventista do 7º Dia já ouviu alguém dizer que a IASD é uma seita.

Talvez sejamos uma das denominações religiosas cristãs mais discriminadas, tanto do ponto de vista da guarda do sábado, quanto com relação a outros pontos das doutrinas bíblicas.

É curioso que mesmo dentro do Cristianismo, muitos cristãos demonstram um grande preconceito para com a Igreja Adventista. Muita literatura é escrita para atacar os pontos doutrinários defendidos pela Igreja Adventista.

Algumas revistas voltadas ao público evangélico também gostam de nos estampar em suas capas, como meio de vender mais exemplares. Alguns escritos são colocados na internet para atacar a igreja.


Vamos analisar alguns pontos:

a) Os Adventistas não crêem em salvação pelas obras da lei. Vamos colocar as coisas nos devidos lugares.

b) A Igreja Adventista crê na salvação pela graça, por meio da fé em Cristo. Efésios 2:8.

c) Entende também que sendo perdoada e justificada por Cristo, conforme Romanos 5:1, a pessoa agora guarda, pela fé, os mandamentos de Deus. Pois fé sem obras, é morta, conforme Tiago 2:17.

A grande dificuldade de alguns Evangélicos e Católicos é entender a verdadeira função da Lei Moral de Deus na vida do cristão.

Eles ficam confusos quando lêem Paulo escrever que “ninguém será justificado diante dele por obras da lei...” Romanos 3:20 e logo a seguir Lêem: “a Lei é santa, e o Mandamento, santo, justo e bom.” Romanos 7:12.


Afinal, Paulo era contra ou a favor da Lei?

Um estudo isento de preconceitos, e dentro de princípios hermenêuticos sérios, mostrará que Paulo era contra o mau da Lei de Deus. Na sua época, pessoas achavam que seriam salvas apenas cumprindo os preceitos, e deixavam Jesus de lado. Para Paulo, a lei mostra o pecado Romanos 3:20, e como um aio, conduz o pecador a Cristo(Gálatas 3:24), a fim de que este seja justificado pela sua fé.

Desta forma o apóstolo não descartou a Lei, mas colocou-a no seu devido lugar. O próprio Jesus mencionou que não veio abolir a Lei. Mat. 5.17

Portanto, para os Adventistas do 7º Dia, guardar a Lei não é um meio de salvação, mas uma consequência da salvação.

Alguns parecem dizer que estar salvo em Cristo é o mesmo que desobedecer a Lei. Isto é um absurdo que nem os oponentes gratuitos do adventismo aceitariam.

Não guardar o sábado é o mesmo que transgredir os outros nove mandamentos. Ver Tiago 2:10

Quando citam colossenses 2:14-16 onde diz “...Ninguém vos julgue pelos sábados...” Logo dizem que se refere ao mandamento do sábado. Ali menciona claramente a respeito dos sábados cerimonias(7 festas Judaicas) que foram abolidos, e nunca sobre o sábado do mandamento.

Alguns precisam entrar na escola,outra vez, para aprenderem a interpretar textos.

É só ler o texto todo para saber que se trata da lei cerimonial, que foi abolida na morte de Cristo, pois consistia em ordenanças.

Os Adventistas tem uma compreensão correcta do estado do homem na morte:

Na Bíblia, a alma significa a pessoa total. O homem não tem uma alma, ele é uma alma. Génesis 2:7 diz que da junção de fôlego de vida e do pó da terra é que o homem foi feito alma vivente. Não veio uma alma e entrou dentro dele, mas ele inteiro passou a ser uma alma. Portanto, alma significa a pessoa inteira. A morte seria a desintegração da alma. O pó volta à terra e o espírito ruach no hebraico = fôlego de vida, volta para Deus. Eclesiastes 12:7. Esse espírito será devolvido no momento da ressurreição.

Deus falou para Adão e Eva, ainda no jardim do Éden a respeito do fruto proibido:”...Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.” Gén 3:3

“A alma que pecar esta morrerá.” Ezequiel 18:4

O diabo falou:”Certamente não morrereis”


Quem tem razão; Deus ou o diabo?

A palavra imortal aparece na Bíblia,e é atribuída somente a Deus I Tim. 1:17 e I Tim. 6.16. A ideia de uma alma imortal é de origem pagã. Os gregos a transmitiram para os judeus. Depois Dante, para os Católicos no séc, 14.


“Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio.” Salmo 115:17

“Porque na morte não há lembrança de Ti; no sepulcro quem Te louvará? Salmo 6:5

“Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura nunca tornará a subir.” Job 6:9

“Porque não pode louvar-te a sepultura, nem a morte glorificar-te; nem esperarão em Tua verdade os que descem à cova.” Isaias 38:18

“Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma,...mas a sua memória ficou entregue ao esquecimento.” Eclesiastes 9:5

Os mortos ficam na sepultura inconscientes a aguardar a ressurreição.

O inferno como lago de fogo acontecerá no fim Apocalipse 20:14. A palavra "inferno" quer dizer sepultura ou lugar inferior. O credo dos apóstolos diz que Jesus morreu e desceu aos infernos sepultura. Só uma perguntinha: Se as pessoas que morrem hoje já vão para o céu ou para o inferno de condenação, por que Deus terá que realizar um juízo final? Afinal de contas já não estão todos julgados e a viverem a recompensa? Quando a Bíblia usa a palavra inferno no sentido de fogo,o faz referindo-se ao lago de fogo no fim, conforme Apocalipse 20.

Entendendo melhor a expressão Bíblica ‘Fogo Eterno.’

“Assim como Sodoma, e Gomorra , e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se corrompido como aqueles e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.” S. Judas v. 7

“E ordenou à subversão as cidade de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza e pondo-as como exemplo para aos que vivem impiamente.” II Pedro 2:6

Estas cidades foram totalmente destruídas. Não estão a arder. Isso é interpretação de texto. Tão simples quanto isto.

Veja outros exemplos: Isaías 47:14; Jeremias 17:27; Salmo 37.10; Prov. 10:25; Job 20:5-9; II Pedro 3: 10-13; Obadias 16; Isaías 47:14

A palavra eterno no grego é ‘aion’ e significa “eterno enquanto dura.”

A diferença está em que os Adventistas estudam, conhecem e interpretam correctamente os originais.

A questão do adventismo ser ou não uma seita não deve nos preocupar.

Em seus primórdios, a igreja cristã nada mais era do que uma seita rejeitada do judaísmo. Nem por isso o cristianismo deixou de possuir a fé verdadeira. Actos 24:14

Lutero, Calvino e outros eram considerados uma “seita do diabo” por aqueles que detinham as chaves do céu e do inferno: a igreja oficial Romana.

Para além de os Adventistas se considerarem cristãos por crerem nas doutrinas essenciais do cristianismo, eles empunham a bandeira de doutrinas que têm sido esquecidas pelos chamados cristãos Evangélicos e Católicos e outros cristãos em nossos dias.

Simplesmente ter o nome de cristão pode não significar nada.

Ser cristão é fazer o que Cristo fazia. É imitar Jesus em todos os detalhes das doutrinas.

Ser cristão é obedecer aos mandamentos de Jesus. Ele mesmo disse que ”Guarda os mandamentos do Pai.” João 14.15

A igreja Adventista além de seguir os passos de Jesus e O obedecer, tem cumprido ao dever de pregar o evangelho a nível mundial, e não local apenas.

A igreja Adventista está presente em 203 países, com sua larga rede de hospitais, clínicas, orfanatos, lares para idosos, escolas, universidades, casas publicadoras e sua rede de rádios e televisão. Conta actualmente com mais de 17 milhões de membros, para além dos visitantes e simpatizantes.

Quando Jesus voltar para buscar seu filhos, deverá encontrar uma igreja vitoriosa e obediente, pois, os desobedientes serão destruidos “Como labaredas de fogo, tomando vinganças dos que não conhecem a Deus, e dos que não obedecem, ao evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo.” II Tes. 1:8

Antes de alguém criticar a igreja de Deus, deve perguntar: estou eu obedecendo a Palavra, ou fingindo que obedeço?

Que Deus use de Suas abundantes misericórdias e Sua graça para nos salvar e garantir-nos pelo sangue de Jesus a eternidade.

Assim seja. Que Deus nos abençoe.


Luís Carlos Fonseca

4 comentários:

  1. Obrigado pastor,para mim foi muito bom ler novamente quem são os adventistas!
    Um bom dia
    Isilda

    ResponderEliminar
  2. Esta reflexão é importante para todos. Para os que são adventistas e para quem não são. Só há um caminha a seguir: Jesus. Bom dia

    ResponderEliminar
  3. Continuo a sentir-me uma grande pecadora, amo a Deus Pai, amo a Jesus, mas não o suficiente para deixar de fazer coisas que decerto magoam a Deus Pai. Que Deus vos abençõe.

    Nela

    ResponderEliminar
  4. Olá Nela! A despeito daquilo que fazemos, Deus nos ama. Quanto mais próximos de Deus ficamos,mais sentimos vontade de abandonar pecadinhos ou pecadões. Que Deus te abençoe!

    ResponderEliminar