segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Uma Palavra aos Separados/Divorciados:


Uma palavra aos separados divorciados:

“O número de casamentos infelizes está a crescer cada dia. O número de divórcios reflete isso.  Nos Estados Unidos, pesquisadores, como Barna, indicam que a percentagem de divórcios entre os que se chamam evangélicos é igual a da população de forma geral.  Uma pesquisa Gallup indicou que 10% dos protestantes e 10% dos católicos são divorciados e que 26% dos protestantes e 23% dos católicos já foram divorciados em algum momento. Mais de um milhão de crianças, nos Estados Unidos, sofrem o divórcio de seus pais a cada ano e mais de 50% das que nascerão este ano experimentarão o divórcio de seus pais antes de completarem 18 anos.” The Effects of Divorce on America), por Patrick F. Fagan and Robert Rector.

Por que o casamento é tão importante para Deus? Por que Ele insiste “que o que Deus uniu, ninguém separe.” Mat. 19:6.


Os propósitos de Deus para o casamento incluem:

a) Revelar a imagem e semelhança de Deus e os Seus propósitos em nos criar, abrindo um espaço para experimentarmos a comunhão que Ele tem na Trindade. Gên 1:26, 27.

b) Resolver a solidão que aflige o homem desde antes da queda. Gên 2:18.

c) Dar a cada pessoa a oportunidade de formar uma nova família. É plano de Deus que as pessoas se multipliquem através das famílias constituídas e abençoadas por Deus. Gên 2:24; Mat 19.5, 6; Ef 5: 31.

d) Celebrar, no ato sexual, uma intimidade não apenas física, mas emocional e espiritual. Deus faz questão que esse ato expresse o verdadeiro amor, pureza e aliança, reservando-o, por essa razão, para o casamento. Gên 2:24.

e) Conceder-nos alguém com quem podemos ser transparentes, autênticos, sem experimentar vergonha. Gên. 2:25. O desejo de Deus é que possamos amar e ser amados sem medo, porque o verdadeiro amor expulsa o medo I João 4:18.

f) Revelar a grandeza do amor de Cristo por nós como sua noiva, a Igreja. Efésios 5:22-23).  A história, de Gênesis a Apocalipse, enfatiza o amor de Jesus por sua noiva e nós recebemos o privilégio de ser um espelho desse amor. Sua aliança, fidelidade e propósitos eternos revelam-se no casamento.

Há inúmeras instituições vocacionadas para ajudar divorciados. Algumas focam-se no apoio a separações em curso, outras no convívio com quem vive a mesma experiência. De resto, fazer novos amigos é o que leva muitos divorciados a recorrer a salas de chat para conhecer gente nova e há até quem recorra a agências matrimoniais para encontrar uma nova alma gémea. Mas o melhor caminho é refazer o seu casamento, se isso for possível.

“Porque ele faz a chaga, e ele mesmo a liga; ele fere e as suas mãos curam” Jó 5:18

Quando entro nos sites cristãos na parte: “pedidos de oração”. Verifico que a maioria dos pedidos é em favor da restauração do matrimônio. O melhor é que, graças a Deus, há pessoas ainda que acreditam que Deus pode e vai restaurar os seus casamentos.

Por isso, eu deixo uma palavra: Deus é o maior interessado na restauração do seu casamento. Se Ele não quisesse mais que os cônjuges permanecessem casados, simplesmente tiraria a vida de um ou do outro, pois como a Sua Palavra afirma, o segundo casamento está autorizado apenas na morte de um dos cônjuges: “a mulher está ligada ao marido enquanto ele vive; mas se o mesmo morrer, desobrigada ficará da lei conjugal. De sorte que será considerada adúltera se, vivendo o marido, unir-se a outro homem; porém, se morrer o marido, estará livre da lei e não será adúltera se contrair novas núpcias. “Romanos 7:2-3. 

O apóstolo Paulo ratifica essas mesmas palavras em I Coríntios 7:39. Pois se Deus uniu, só Ele pode separar: “Portanto o que Deus uniu não separe o homem.” Mateus 19:6. O outro motivo autorizado, por Jesus, para o divórcio é o adultério.

Marido, você que hoje chora sozinho, longe da sua esposa, aquiete-se. Lembra-se do que Deus havia dito a você? “Vós, maridos, amai a vossa mulher como Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela.” Efésios 5:25. Você a amou como deveria?

Esposa, por que chora tanto e com muita angústia em seu coração, desesperada porque o seu marido a abandonou? Lembra-se do que o nosso Deus também lhe ensinou? “Assim como a igreja está submissa a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo submissas a seu marido” Efésios 5:24. Você sempre respeitou o marido enquanto estavam juntos? 

Deus também pediu que ambos suportassem um ao outro, que se amassem muito, respeitassem, se doassem, no mais profundo e verdadeiro amor. Não fizeram! Brigaram e se separaram! Agora Deus os chamou para a Sua oficina. Com certeza, Ele não quer o mal do casal: “Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem.” Provérbios 3:12.

Já observou o aviso que consta na parede principal da oficina de Deus? “Eis que te purifico, não como a prata, mas te provo na fornalha da aflição, por amor de mim, por amor de mim, é que isto faço.” Isaías 48:10 e 11.

Deus agora está dizendo à você: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre as nações, serei exaltado sobre a terra.” Salmos 46:10. Nosso Senhor e Salvador têm pressa de restaurar o seu casamento. Ele vai restaurar. Aliás, já está no processo bem avançado, ainda que você não veja nada pelos seus olhos naturais, ainda que as nuvens pareçam carregadas sobre a sua vida. É hora de santidade e obediência. Essas duas palavras são a chave da sua vitória. Segure-a firme e não a deixe cair.

Continue buscando Deus em oração e estudo da Palavra e peça também orações aos amigos e igreja em seu favor.

Que Deus o abençoe!

Luís Carlos Fonseca

3 comentários:

  1. E quando essas palavras não ecoam mais na alma, o desejo de voltar não existe, somente a sençação de obrigação, devido a filhos menores? quando o toque da pessoa não é mais desejado e sim sofrido? Responda-me ainda assim Deus quer restaurar meu casamento? Não seria uma especie de prostituição manter uma relação assim? Quando o amor acabou, devemos continuar? Quando as coisas chegou no ponto da agressão fisica tornar realidade, devemos insistir? Deus nos deseja juntos mesmo assim? Da resposta a esses questionamentos depende minha vida conjugal ser retomada ou não. Agradeço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, não sei como foi ou está sendo seu casamento mais uma coisa te falo Deus quer sim a restauração do seu casamento, apesar de muitos fatores terem lhe decepcionado, mágoas guardadas. Um Cristão acima de tudo precisa perdoar, entenda que perdoar é a mesma coisa que ter um novo recomeço, para isso acontecer é preciso esquecer tudo o que passou, é difícil! Mais quando Deus restaura um casamento ele cura todas as mágoas ele reconstrói a vida de ambos ele transforma. Então vc agora precisa orar muito e pedir a ELE essa transformação e esperar em Cristo Jesus! E lembre as coisas acontecem no tempo DELE não no nosso!

      Eliminar
  2. Que Deus nos dê o Espírito Santo para termos o nosso casamento a três e nunca a dois. Eu a esposa e Jesus. Abraços

    ResponderEliminar