quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

APÓS O BATISMO CONTINUO EM PECADOS, E AGORA?


APÓS O BATISMO CONTINUO EM PECADOS, E AGORA?
Em palavras simples respondo esta questão assim: Aqueles que aceitam Jesus morrem para a velha vida e são sepultados através do batismo. Aqueles que morreram para o pecado não podem mais continuar a viver neles. Ninguém, em situações normais é sepultado vivo. Após o batismo somos sepultados para a velha vida e, supostamente, não devemos viver mais para as coisas passadas. O seguinte texto é elucidativo: “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?” Romanos 6:1-2

Sobre este tema hoje há  especialmente duas correntes de pensamentos entre os cristãos; os que acham que nunca podemos vencer os pecados, e aqueles que acham que conseguimos vencer todos os pecados! Os primeiros citam versos como estes: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.” Romanos 3:23. “Não há um justo sequer.” Rom 3:10 “Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.” Romanos 7:19
Embora sejamos salvos unicamente pela graça e fé; como vemos em Efésios 2:8, a graça não é uma licença para eu cometer pecados, mas um imperativo para eu evitá-los. Ver Rom. 6:15-23
Agora há lindos versos que nos mostram o poder do evangelho atuando em nós. Cito apenas três: "Sede santos porque eu sou santo" I Pedro 1:16. “Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. I Pedro 1:23. “Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória.” Judas 1:24
Se eu cometo o mesmo pecado por duas, ou mais vezes, já é uma “escolha” ou “opção minha”. Se o pecado aparece de forma inusitada, como apareceu para Eva no Éden, eu posso até ceder, mesmo estando em comunhão com Cristo. Adão e Eva eram perfeitos, pois viviam na presença de Deus e ainda assim caíram. Os dois grupos de cristãos acima citados, geralmente não citam o exemplo de Eva e Adão quando cederam.
E agora? O nível da minha comunhão com Cristo Jesus irá determinar se voltarei a cometer pecados ou não. Se eu mantiver uma comunhão deficiente com Deus, certamente permitirei que o diabo atue nas brechas do meu caráter. Voltarei a mentir, a xingar, a maltratar, a ser intemperante, a ter a minha sexualidade desvirtuada dos planos de Deus, etc... Se minha comunhão for saudável, com certeza as tentações para o pecado serão banidas. O mais lindo do evangelho é que tantos para os pecados abertos, secretos, de omissão ou até aqueles que forem, por “opção minha” sempre há perdão: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. I João 1:9. “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.” I João 2:1
Que Deus nos conceda a Sua graça para estarmos escondidos sob as Suas asas, através de uma comunhão saudável com os Céus. Bênçãos e paz
Luís Carlos Fonseca


3 comentários: