terça-feira, 12 de Junho de 2012

Esboço de sermão - O GRANDE SINAL DA VOLTA DE JESUS


O Grande Sinal da Volta de Jesus

Mateus 24:3-14 - Introdução

1. Sinais são avisos de algo que está para acontecer.

2. Jesus deu sinais claros de sua vinda.

3. Que sinais são estes? Vários deles já aconteceram e Jesus ainda não voltou.

4. Tem algum sinal mais importante do que outro?


I.  As Predições de Cristo

1.Os discípulos de Jesus queriam saber que sinais haveriam de Sua vinda (Mat. 24:3). Os seguidores de Jesus hoje também querem saber quando será a “consumação dos séculos”.

2. Jesus alertou Seus discípulos para que não fossem enganados (Mat. 24:4). Ninguém gosta de ser enganado. Jesus não quer que sejamos enganados. Sua Palavra é clara, Ele quer que vivamos com segurança na certeza de Sua volta.

3. O principal engano seriam pessoas que viriam falando em nome de Jesus (Mat. 24:5). No mundo existem pessoas talentosas com habilidades especiais de comunicação que têm levado milhões à perdição. Nem todo o que fala em nome de Jesus é confiável. Não devemos desconfiar de todos, mas precisamos ficar atentos para não sermos enganados.

4. Guerras, fomes e terremotos são “o princípio das dores” (Mat. 24:6-8). Muitas vezes achamos que guerras, fomes e terremotos são “os sinais da vinda de Jesus, mas Ele próprio nos adverte que isso é só o início das dores.

5. Sofrimento, morte e ódio porque seguimos a Cristo (Mat. 24:9-10). A expansão do pecado no mundo vai trazer tribulação, rejeição e morte aos cristãos. Isso já aconteceu na Idade Média, acontece hoje e acontecerá em larga escala no futuro, traição e ódio de alguns de nossos “falsos irmãos na fé” não devem nos abalar. Precisamos estar enraizados em Jesus para enfrentarmos tempos difíceis.

II. O Grande Sinal

1. Sofrimento, morte e ódio das pessoas porque seguimos a Cristo é um sinal da volta de Jesus, mas ainda não é “o grande sinal”. Qual seria esse grande sinal?

2. Falsos profetas vão aparecer e enganar muitos. A injustiça vai ser tanta que o amor vai esfriar em quase todos (Mat. 24:11  e 12). Não devemos desanimar vendo os enganos de falsos líderes religiosos, a disseminação de falsas doutrinas e o predomínio da desigualdade e injustiça. Neste tempo do fim, para não desanimarmos e o nosso amor por Cristo não esfriar, precisamos fixar nosso olhar em Jesus e pedir que Deus desvie nossos olhos do mal.

3.Vai ser salvo quem perseverar até o fim (Mat. 24:113). A salvação é pessoal para todo aquele que crê. As promessas de Deus não falham. Nossa salvação é o objetivo final de Jesus para nossa vida. Se O escolhemos como Senhor, até o fim, Ele garante que seremos salvos. Aconteça o que acontecer, fixemos os olhos em Cristo porque só Deus nos dá forças para perseverarmos.

4. O fim virá quando o Evangelho for pregado a todo o mundo. (Mat. 24:14). O grande sinal da vinda de Jesus é a pregação do Evangelho. Temos um compromisso pessoal no processo, na comunicação das boas novas de salvação ao mundo.

III. O Cumprimento da Profecia

1.Existem hoje no mundo bilhões de pessoas que nunca ouviram falar de Jesus. É urgente que o Evangelho seja pregado a todas as pessoas. Neste processo surgem algumas perguntas: Num mundo coberto com sinal de Rádio, TV e Internet, não seria mais rápido e prático colocar a mensagem nesses meios e esperar passivamente que todas as pessoas fiquem sabendo do amor de Deus? Com tanta tecnologia disponível qual é o meu papel na conclusão da Obra de Deus?

2.Deus é mais poderoso do que o Rádio, TV e Internet. Ele pode usar Seus anjos para comunicar o Evangelho ao mundo, mas Ele chamou você e eu para sermos Suas testemunhas. Nada substituiu o testemunho pessoal. Para Deus, o plano da salvação passa por nossa comunicação da mensagem do Evangelho aos vizinhos, amigos e parentes que não conhecem Jesus.

3.Os meios de comunicação são importantes para ajudar a quebrar preconceitos e consolidar a fé das pessoas, mas Deus espera pacientemente que nós cumpramos nosso papel missionário.

4.O grande objetivo é proclamar o Evangelho usando linguagem clara e precisa. Temos que usar os meios de comunicação sem esquecer que todos devemos estar envolvidos no trabalho pessoal de testemunhar. Os meios de comunicação informam, mas o trabalho pessoal sob a ação do Espírito Santo é que leva as pessoas à decisão. Deus nos dá o grande privilégio de sermos Suas testemunhas neste tempo do fim.

5.Vamos aproveitar, hoje, para renovar nossa motivação missionária. Precisamos pregar o Evangelho através do trabalho pessoal e usando publicações, Rádio, TV e Internet. Ao fazermos isso, guiados pelo Espírito Santo, seremos parte do cumprimento do grande sinal da volta de Jesus.

Conclusão

1. Não temos que temer o mal, o pecado, guerras, tribulações e terremotos. Quem deve viver com medo sãos as pessoas que, quando virem Jesus nas nuvens dos céus, dirão aos montes e aos rochedos: “Caí sobre nós e escondei-nos da face dAquele que Se assenta no trono” (Apoc. 6:16).

2. Fazemos parte do grupo que um dia, vendo Jesus voltar vai dizer: “Este é nosso Deus, em quem esperávamos, e Ele nos salvará; este é o Senhor, a quem aguardávamos; na Sua salvação exultaremos e nos alegraremos” (Isa. 25:9).
 Pr. Williams Costa Júnior - Revista do Ancião - jan – mar 2007 – Oferecido por  Depto Comunicações da UCB

Luís Carlos Fonseca

1 comentário:

  1. Uma benção eu gosto muito de mensagem sobre a vinda de Jesus.Continue pregando pastor sobre este assunto.

    ResponderEliminar