domingo, 5 de fevereiro de 2012

ESBOÇO DE SERMÃO - Decidir por Cristo, uma questão muito importante


Uma Questão Importante
Romanos 6:16

Introdução
1.       Após preencher uma ficha de batismo de uma jovem que acabara de concluir o estudo da Bíblia, fiz um apelo para seu pai que ali estava e que ainda não havia tomado sua decisão ao lado de Jesus. Para minha surpresa sua resposta foi: “Hoje não. Eu estou bem assim! Eu sei que Satanás está de um lado. Eu sei que Deus está do outro. E eu estou aqui. Nem lá nem cá.”

2.       Muitas vezes pessoas imaginam, no contexto espiritual, que é possível permanecer em uma zona livre ou neutra: nem lá e nem cá. Por exemplo, alguns creem que há diferentes opções espirituais:
a)       Estar sob o controle de Deus.
b)       Estar sob o controle de Satanás.
c)       Estar sob o controle de si mesmo.

3.       Quantos procuram viver debaixo de seu próprio controle, mas se esquecem de que nesta vida só há duas opções e não três. Ou estamos debaixo do controle de Deus ou estamos debaixo do controle de Satanás.
a)       Não existe um campo neutro. Não existe uma terceira opção. Não existe outra alternativa. Não há como evitar estar fora do controle de um destes dois poderes.

b)       Nos enganamos pensando que podemos governar nossa vida sem Deus ou sem Satanás.

I.          Não existe outra alternativa
1.       Se não existe outra alternativa, só resta saber quem está governando nossa vida.
2.       Romanos 6:16 diz: “Não sabeis que daquele a quem vos oferecereis como servos para obediência, desse mesmo a quem obedeceis sois servos, seja do pecado para a morte ou da obediência para a justiça?”

3.       De quem somos servos? Aqui o termo servo significa pertencer ou estar sob o domínio, poder e controle.
a)       Aqui está a grande questão que a humanidade tem de responder. De quem somos servos? A quem nos submeteremos? A quem pertencemos?

b)       Jesus disse: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro” (Mateus 6:24).

c)       No livro O Desejado de Todas as Nações, Ellen White diz: “Todo aquele que se recusa entregar-se a Deus, está debaixo do outro poder.”

4.       Não temos que eleger Satanás como governante de nossa vida, basta não elegermos a Deus como o Senhor e automaticamente nos colocamos debaixo do outro poder.
a)       Josué 24:15 diz: “Escolhei, hoje, a quem sirvais.” Qual é a resposta? Quando escolhemos servir a Deus, escolhemos o melhor. A resposta de Josué foi: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor.”

II.        Quem controla sua vida?
1.     Alguns dizem: “Eu não me entregarei a Cristo e não sinto que Satanás controla meu viver.”
a)       Nunca pense que a posse de Satanás na vida de alguém se manifesta sempre de forma demoníaca. Ele governa também a vida de muitos de forma refinada. Sem Cristo estamos sujeitos ao controle do inimigo.
b)       Não pense que uma pessoa possessa é somente aquela que cai no chão e fica girando ou aquela que perdeu o controle de suas emoções. Mesmo aqueles que têm uma boa saúde emocional e psicológica, mas vivem longe de Deus, também estão sobre o controle do inimigo, embora sem manifestarem o lado grotesco da possessão demoníaca.

c)       O espírito mau que estava com os endemoninhados gadarenos era o mesmo que conduzia a vida dos fariseus e escribas nos dias de Cristo.

2.     Toda decisão de uma pessoa ao lado de Deus é acompanhada das muitas promessas da Bíblia.
a)       Vale a pena colocar a vida sob a direção e a bênção de Deus.

Conclusão
1.       Quando escolhemos servir a Deus e viver com Ele, há alegria e celebração no Céu.

2.       Em cada decisão que é postergada ou adiada, há expectativa e tristeza.

3.       Nesta guerra entre o bem e o mal não há um campo neutro, você e eu estamos envolvidos nela.

a)       É uma guerra pela posse do nosso coração. Cada um tem que tomar a sua decisão:
1)       Servir ao Senhor Deus ou ao inimigo Satanás.

b)       I João 5:12 diz: “Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.”

      Escolhe hoje mesmo a Jesus. Esta é a melhor decisão.

4.       Olhe para os exemplos bíblicos daqueles que fizeram a escolha certa.

5.       “Não podendo conhecer todos os mistérios de Deus, o incrédulo e o infiel rejeitam a Palavra de Deus. Nem todos os que dizem crer na Bíblia estão livres de perigo a esse respeito. Diz o apóstolo: ‘Meus irmãos, cuidado para que nenhum de vós tenha um coração incrédulo, que o leve a se afastar do Deus vivo. (Hebreus 3:12, BLH)’” Caminho a Cristo, pág. 108

6.       Apelo.


                Pr. Jonas Arrais – Oferecido por Dept de Comunicações da UCB

                Luis Carlos Fonseca
        


2 comentários:

  1. gostei do srrmao..Deus abençoe vcs grandement!

    ResponderEliminar
  2. Igualmente Nalva. Bênçãos de Jesus pra você e seus queridos.

    ResponderEliminar