terça-feira, 1 de novembro de 2011

CORAÇÃO DE PEDRA OU DE CARNE?


CORAÇÃO DE PEDRA OU DE CARNE?

"Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne". Ezequiel 36:26.

 Todos nós já ouvimos falar em pedra nos rins ou na vÍsícula. Mas, estou certo de que poucos tem conhecimento da existência de pedra no coração, É isso mesmo, pedra no coração. É assim que  Ezequiel diagnosticou a enfermidade do povo de Deus em seus dias. Eles estavam sofrendo dessa terrível  doença: pedra no coração, ou antes, um coração de pedra. Mais próximo de nós, Machado de Assis, em vez de coração de pedra, cria uma expressão congênere: Coração de granito. Quais são os  sintomas? Você sabe quais são as sintomas deste problema?

1. Insensibilidade Diante das Maravilhas de Deus – O Salmo 53.1menciona:  "Diz o néscio no seu coração: Não há Deus". O Salmo 19.1 menciona: "Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das Suas mãos". Mas o coração de granito não vê nada disso. Ele olha para o céu e só vê nuvens negras. O profeta Ezequiel está envolvo de pessoas com um coração de granito. Mas Eles estavam cegos para ver as maravilhas de Deus na história de suas próprias vidas. Israel atravessou o Mar Vermelho a pé enxuto, mas isso não diz nada ao coração de granito. Israel é sustentado 40 anos no deserto, mas isso nada diz muito ao coração de granito. Seus corações estavam endurecidos  e embrutecidos para perceber as maravilhas de Deus em favor de Seu povo.

2. Insensibilidade diante da maravilha do amor de Deus  - Em João 3.16 e Romanos 5.8, o Espírito Santo falando por meio de Seus servos, João e Paulo, respectivamente, nos diz que por amor, Jesus enfrentou a cruz, sofreu as terríveis e cruentas realidades do calvário. Sorveu o triste e acre cálice do sofrimento; sofrimento repulsivo, sofrimento moral e físico, Mas o coração de granito não percebe os espinhos em Sua fronte, os pregos em Suas mãos e pés. Não se dá conta do alto preço que o Filho de Deus teve que pagar para que nós, miseráveis criaturas, pudéssemos receber o favor de Seu amado Pai. Nada da história de Jesus lhes toca, lhes impressiona, e isto, por uma simples razão; seus corações estão duros como pedra são corações de granito.

3. Insensibilidade Diante da Gravidade do Pecado - Uma característica de nossa geração é a sua indiferença para com o pecado. Nada pode ser pior para uma sociedade do que isso. Zombava-se do pecado antes de Noé. Resultado: Dilúvio. Zombava-se do pecado em Sodoma e Gomorra. E estas, foram varridas do mapa. Zombava-se do pecado nos Reinos do Norte e do Sul. Resultado: o do Norte foi levado cativo para a Assíria, o do Sul, levado cativo para a Babilônia. Zomba-se do pecado hoje  em quase todas as civilizações. Se você fala do pecado, as pessoas riem, a televisão ironiza, alguns  intelectuais zombam da fé dos crentes. Resultados? Os principais jornais estão aí para denunciar a loucura de tal ato: "O salário do pecado é a morte". Crescemos numa cultura em que somos condicionados a crer que sempre há um jeitinho à parte para lidar com todas as situações rígidas. E assim pensamos em referência ao pecado. Por isso, muitos dos cristãos, nos achamos muito espertos, pensamos que podemos zombar do pecado sem pagar o preço que isso exige. Mas a Palavra de Deus diz categoricamente: "Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará " Gálatas 6:7. Nunca em nosso meio tivemos tantos casos de pedra no coração.

4. Insensibilidade diante da maravilha da Palavra de Deus  - Para muitos a Bíblia permanece apenas para Deus. Para o coração de granito, a Bíblia é mais um livro no mercado editorial. Quando muito, é um livro de bolso, de prateleira. Não atentam para sua importância. Deixam-na por qualquer programa supérfluo. Esquecendo-se das maravilhosas palavras do Senhor Jesus "Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus" Mateus 22:29. Negociam-na por qualquer valor. Desprezam-na não percebendo que ela é a única forma de nós permanecermos firmes servindo ao Senhor.

5. Insensibilidade Diante da Urgência da Salvação
Outro sintoma do coração de granito é ir prorrogando o dia de sua salvação. Lemos: "Portanto, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações". Hebreus 3.7,8. Mas o coração de granito não atenta para o tempo que passa. Ele ignora que cada minuto sem Jesus é um crime contra a própria alma. Alguns anos atrás, um avião caiu no aeroporto de Orly, em Paris. 122 pessoas morreram. A amargura foi maior quando as autoridades revelaram que apenas um minuto e meio seriam suficientes para a aterrissagem e conseqüente salvamento das vítimas. Só um minuto e meio. Sim, o tempo é muito importante.

Montaigne, conta uma história que retrata bem isso: " O rei Arquias, de Tebas, estava num banquete quando um mensageiro lhe entregou uma carta, enviada por um amigo. Por fora estava escrito: 'Leia logo. É muito importante' Mas Arquias disse aos amigos: 'Ora essa, coisas importantes ficam para amanhã'. Guardou a carta para ler no outro dia. Na manhã seguinte encontraram seu cadáver, crivado de punhaladas. Ao lado estava a carta. Alguém a abriu e leu: 'Meu caro, conjuro-te a sair depressa de casa porque aí te espera o punhal de um assassino ".

Não brinque com o tempo. Como diz a Bíblia, "você não sabe o que vai acontecer amanhã" Provérbios 27.1. Convide Jesus a fazer em você uma cirurgia no seu coração. O ano de 2011 está chegando no seu fim, e convido-o a entrar no novo ano com um coração também novo. Jesus vai arrancar o seu coração de pedra, e no lugar porá um de carne. Mas faça isso, hoje, agora mesmo.


Que Deus abençoe você.

Luís Carlos Fonseca
 

Sem comentários:

Enviar um comentário