quinta-feira, 17 de julho de 2014

Colportagem: Ministério Cristão que Nasceu na Mente de Deus.


Colportagem: Ministério Cristão que Nasceu na Mente de Deus.

A Colportagem no Mundo. A colportagem começou na Idade Média. A história confirma que em 1173, Pedro Valdo, um comerciante de Lion, França, incluía em seus negócios pequenas porções da Bíblia Sagrada e entregava aos seus clientes. 

Através do seu incansável trabalho, granjeou missionários e fundou o "Movimento da Colportagem". No ano seguinte os valdenses foram excomungados pelo papa e duramente perseguidos, então se dispersaram por todo o continente, onde continuaram sua obra de evangelização. No século XIII centralizaram-se nos vales do Piemonte, na Itália. Nos Alpes, os valdenses tiveram centros de educação, onde os jovens se preparavam para a venda de literaturas sobre a Bíblia.  Eles mesmos escreviam porções da Palavra de Deus, e logo saíam a espalhar às pessoas. Assim o evangelho foi pregado naquela época de perseguição cristã. Depois disso, a colportagem continuou através de algumas igrejas, como; congregacionalistas, Presbiteriana e Batista.

A Colportagem na Igreja Adventista. Na igreja Adventista do 7º Dia, Esse lindo ministério iniciou-se logo no começo da sua história. Deus revelou-Se à Ellen White e ela escreveu: “ Numa reunião efetuada em Dorchester, Massachusetts, em novembro de 1848, foi-me concedida uma visão da proclamação da mensagem do assinalamento, e do dever que incumbia aos irmãos de publicarem a luz que resplandecia em nosso caminho. Depois da visão eu disse ao meu esposo: “Tenho uma mensagem para ti. Deves começar a publicar um pequeno jornal e mandá-lo ao povo. Seja pequeno a princípio; mas, lendo-o o povo, mandar-te-ão meios com que imprimi-lo, e alcançará bom êxito desde o princípio. Desde este pequeno começo foi-me mostrado assemelhar-se a torrentes de luz que circundavam o mundo.” Vida e Ensinos, 127 e 128

As orientações de Deus incentivavam as atividades com publicações, que diretamente previam o que ocorreria num futuro próximo. Veja este outro texto inspirado: “De cidade em cidade, de país em país, eles devem levar as publicações que contêm a promessa da breve volta do Salvador. Estas publicações devem ser traduzidas para todas as línguas; porque a todo o mundo deve o evangelho ser pregado…” Testimonies Vol. 9, Pág. 34.

Assim, surgiu mais tarde, a "colportagem Adventista", que está intimamente ligada ao nome de George Albert King, que viveu entre os anos 1847-1906. Depois de aceitar a mensagem Adventista, logo decidiu ser pastor, mas descobriu que não tinha dom. Foi quando seguiu os conselhos do irmão Richard Godsmark e começou a vender livros e revistas que pregavam a verdade presente da salvação. Tal foi seu sucesso que, na conferência Geral da Igreja em 188, ele fez um forte apelo aos líderes para que a literatura da verdade fosse levada à todos os lugares. Em apenas dois meses ele vendeu mais de 500 livros sobre as profecias de Daniel e Apocalipse.

A Colportagem Hoje. Hoje a colportagem é mais desenvolvida na igreja Adventista do que em outras religiões, e tem levado oportunidades especiais para o crescimento da Igreja, em proclamar o evangelho de Jesus como Salvador e Redentor. Na colportagem, o membro de nossa igreja tem a possibilidade de encontrar o melhor meio de obter experiência com Deus e, especialmente, para pregar o evangelho. Ellen White relata que “as ovelhas perdidas do rebanho de Deus estão espalhadas em todas partes do mundo e que o colportor fiel faria muito em participar na venda das literaturas cristãs. Esta obra é para abreviar a volta de Cristo pois “se há um trabalho mais importante do que outro, é o de colocar nossas publicações perante o público, levando-o assim a examinar as Escrituras.” Mensageiro da Esperança, 45. Veja estes outros textos maravilhosos sobre a obra do colportor fiel:

"A obra da colportabem será o meio de dar rapidamente a sagrada luz da verdade presente para o mundo." O Colportor Evangelista, 12

"A obra da colportagem é missionária da mais elevada espécie." O Colportor Evangelista, 12

"As publicações expedidas de nossas casas publicadoras devem preparar um povo para encontrar-se com Deus." O Colportor Evangelista, 13

O colportor, que é fiel, pode fazer um trabalho ímpar, pois só ele é capaz e entrar em lugares onde outros missionários não conseguem fazê-lo. Ele sai de casa em casa, de empresa em empresa, de comércio em comércio; visitando, orando, evangelizando e pedindo a bênção de Deus sobre as pessoas.  

No mundo há um grande exército de colportores efetivos e estudantes, que estão comprometidos com a pregação do evangelho, apressando assim a volta de Jesus. Deus tem um sonho que é o de conceder a salvação eterna à todas as pessoas. Eu não tenho dúvidas de que cada colportor terá a grata alegria de ver, na eternidade, pessoas que serão salvas através do seu ministério.

Deixo aqui o desafio para você que é jovem ou pessoa de mais idade, para procurar o líder de colportagem da sua associação, para você também experimentar este vibrante e abençoado ministério cristão, quer trabalhando apenas  nas suas férias escolares, como colportor estudante, ou de tempo integral, como colportor efetivo. 

Desejo as mais ricas bênçãos de Deus sobre você, família e ministério da colportagem!


Luís Carlos Fonseca

Sem comentários:

Enviar um comentário