domingo, 7 de Novembro de 2010

RESUMO DA LIÇÃO 7 – ABIATAR: O SACERDOTE

Quem foi Abiatar? Foi filho do sumo sacerdote Aquimelech, da tribo de Levi e da linhagem de Eli I Sm 14:3; 22:11; 23:6. Seu nome significa “pai de excelência” ou “pai de mais do que o suficiente.” Ele viveu durante os reinados de Saul, David e Salomão e, durante o reinado de David, se tornou sumo sacerdote. Tinha dois filhos, Jonatã e Aimeleque, o mesmo nome do seu pai ; II Sm 15:27, 36; 8:17. Abiatar foi criado em Nobe, “a cidade dos sacerdotes”, a curta distância de Jerusalém. Quando o rei Saul mandou que Doegue, o edomita, matasse seu pai, o sumo sacerdote Aquimelech, e outros 85 sacerdotes, no dia do massacre, não sabemos como, mas Abiatar conseguiu escapar e fugiu para David, que também estava fugindo de Saul. Ao fugir, levou consigo o éfode que continha o Urim e o Tumim. Abiatar actuou ao lado de David por cerca de 40 anos. Mas, nos anos finais de sua vida, ele actuou em contraposição ao plano de Deus. Davi indicou por vontade divina Salomão para ser seu sucessor, mas Abiatar colocou-se do lado de Adonias, o irmão mais velho de Salomão, e com Joabe, o general do exército de David. Após a entronização de Salomão, Abiatar foi isolado para Anatote, onde viveu seus últimos anos destituído do sacerdócio. Teve um triste fim!

VERSO ÁUREO: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz." I Pedro 2:9

DOMINGO: MENTIRAS E TRAGÉDIA. Que mentira disse David ao sacerdote Aquimelech? David mais uma vez entra em cena para compor o contexto da vida do sacerdote Abiatar. Davi quando fugia do rei Saul foi ter com o sacerdote Aquimelech na região de Nob, lugar onde viviam vários sacerdotes de Israel. Ver I Samuel 21: 1-3. A mentira de David era que Saul o tinha enviado para junto de Aquimelech para uma missão especial e secreta. V. 3. Com essa mentira, ele deu a entender que Saul confiava nele, pois, afinal, quem enviaria um inimigo em missão secreta? Com fome, pediu cinco pães para comer. Aliás, pediu mais duas coisas, uma arma e que Aquimelech consultasse a Deus por ele. I Sam. 22:10 e 15. O que aconteceu com Aquimelech e com os outros sacerdotes? A mentira de David custou a vida de Aquimelech e de todos os demais 85 sacerdotes, menos Abiatar, que conseguiu fugir.Ver I Samuel 22:18. Como reagiu Davdi à notícia do massacre? Ele reconheceu que tinha errado e disse: “Eu dei ocasião contra todas as almas da casa do teu pai.” I Samuel 22:22. As mentiras de David teve consequências desastrosas para o sacerdócio do Senhor. Antes de fazermos escolhas devemos medir as consequências. Que as escolhas sejam para o bem e pautadas pela Palavra de Deus.

SEGUNDA-FEIRA: ABIATAR, O SACERDOTE. Abiatar tornou-se o sumo sacerdote durante o reinado de David. Ele foi fiel ao rei, excepto, bem no final, quando o rei já estava velho. Esse homem participou de alguns eventos peculiares junto com Davi.d Por exemplo, ele levou a arca tirada dos filisteus que estava na casa de um israelita, na segunda tentativa, para o templo. Ele serviu de espião no palácio na revolta de Absalão, quando Davidf ugiu, e deu conselho a Absalão mas que favoreceu a David, e deu mais tempo para que este fugisse para uma distância maior, evitando um confronto desproporcional. Ele enviou mensagens a David, orientando-o quanto à fuga e informando-o quanto aos planos de Absalão. Mas algo bem interessante torna Abiatar singular. Ele sofreu com David, em sua longa fuga. Podemos dizer que Abiatar fugia junto com David desde que essa fuga iniciou. Muito importante é que junto com David havia um sacerdote fiel a Deus. Esse homem deve ter influenciado os demais homens de David que eram em geral fugitivos da lei e pessoas com problemas com a lei. A fidelidade daqueles 600 homens a David deve ter sido influenciada por esse sacerdote, que perdera seu pai e seus amigos mais íntimos. Ele sofreu muito junto com David, tendo que se submeter ao mau tempo, às ameaças de inimigos e de Saul. Em todas as aventuras de David, em tudo o que o futuro rei sofria, lá estava Abiatar, sofrendo junto. Ele era para David a ligação com Deus, era o homem de Deus para o futuro rei, enquanto passava pelos dias maus. As funções de Abiatar eram espirituais e de um bom sacerdote.

TERÇA-FEIRA: A REVOLTA DE ABSALÃO. Em II Samuel 15-18 narra a triste história de Absalão que se rebelou contra o governo do seu pai. Absalão veio em direcção à Jerusalém para destruí-la, mas David fugiu para evitar um banho de sangue. Que papel desempenhou Abiatar neste episódio? Na fuga, o fiel Abiatar e também Zadoque, sacerdotes, com os levitas resolveram pegar a Arca do Concerto, onde se encontravam os dez mandamentos, para levar junto com David. Essa foi uma decisão prudente. Eles, sendo os sacerdotes, eram os guardiões da lei. Mas David mandou que a levassem de volta. E o raciocínio dele era coerente. Ou seja, era assim: vou fugir, mas, se Deus quer que eu continue como rei, Ele vai me fazer voltar, portanto, deixem a arca no seu lugar, para que voltando, ela já esteja lá. Ver II Samuel 15:29 O rei tomou mais uma decisão sábia: de enviar de volta seus homens mais fiéis, ou seja, Zadoque, Abiatar sacerdotes e Usai. Eles voltaram para o palácio, e lá serviram como agentes de David, para lhe informar o que se passava. Pela sucessão de acertos, já se pode ver que Deus estava com David, não com Absalão, que nem percebeu que homens muito fiéis a David não seriam, de uma hora para outra, também fiéis a ele. Abiatar foi fiel a David, pois viver no palácio sem a presença do rei era colocar sua via em risco, mas ele preferiu aceitar a condição do Rei David.

QUARTA-FEIRA: A ESCOLHA DE ABIATAR. Por força da tradição Adonias devia ser o sucessor de David e não. Surpreendentemente Abiatar não ficou com David. Essa não parecia ser uma revolta de guerra, e sim de substituição do rei, ou, um subtil golpe de estado. Uma substituição sem o rei saber, muito estranha, mas não ouve luta armada e nem era a intenção de Adonias. Parecia ser algo natural e evidente, pois ele agora era o primogénito. Visto do ponto de vista humano, estava tudo correcto. Mas Deus pensava diferente. O próximo rei seria Salomão. Deus olha adiante, conhece o futuro, e com base nesse conhecimento toma decisões. O que fez Adonias para transferir o reino para si? Com as informações que temos em I Reis 1:1 a 10. Adonias estava fazendo uma revolta suave, digamos, uma mudança bem diplomática. Afinal, convidou todos os seus irmãos, convidou todos os homens de Judá que eram servos do rei, convidou também Joabe, o comandante do exército de Davi, que era aparentado do rei, era filho de Zeruia, irmã de Davi II Samuel 2.18. E quem mais convidou? Abiatar, o sumo sacerdote de Davi. Em I Reis 1:5 Adonias diz. “Eu reinarei.” Adonias deu a entender que a posição de Abiatar não era de oposição a David, mas de apoio a algo que seria natural. Mas ele sabia que Deus já tinha determinado Salomão para ser o Rei. Em I Reis 2: 13-25 mostra o fim trágico de Adonias. Abiatar devia ficar do lado de David para eleger Salomão ao trono, pois essa era a vontade de Deus. Quando a tradição toma o lugar da Palavra de Deus, acontece a maior desgraça na vida do ser humano.

QUINTA-FEIRA: O DESTINO DE ABIATAR. Que decisões Salomão precisou tomar? Uma vez Salomão sendo entronizado, como era o certo, por causa da situação criada, viu-se logo no início de seu reinado, na contingência de tomar decisões muito duras e cruéis. Mas deveria tomar essas decisões, de dar um destino aos que haviam feito e apoiado aquela conspiração. Isso em nome da estabilidade de seu reinado. Acabou tendo que mandar matar Adonias, depois de um perdão que não serviu para nada. Teve que mandar matar Joabe, que embora homem dado a violência, fora fiel a David, e destituiu Abiatar do sacerdócio e mandou viver num lugar distante do reino. Ver I Reis 2: 26 e 27. A vida de Abiatar encerra-nos uma lição importante. Não é suficiente ser fiel a vida toda e no final cometer um erro fatal. Como teria sido linda a história desse homem, se quando convidado a se aliar a Adonias, tivesse permanecido fiel a David, como era o correto. Teria sido honrado por David, e por Salomão, e continuaria, por algum tempo, conforme sua idade, a ser o sumo sacerdote de Salomão, participando em seu reinado.

Bom estudo.

Luís Carlos Fonseca.

2 comentários:

  1. Com o seus comentários a lição ficou muito mais fácil de entender.
    Só tenho a agradecer.
    Jacira da igreja de Vila Natal de Cubatão.

    ResponderEliminar
  2. Olá Jacira. Fico muito feliz com seu comentário. Faça bom uso. Que Deus te abençoe sempre.

    ResponderEliminar